Mulheres chefes de família têm atenção especial nas políticas públicas do Estado

Conceição de Maria, uma das mulheres chefes de família beneficiadas pelo PAC São Francisco (Foto: Jasf Andrade)

Dos 256 apartamentos que compõem o Residencial José Chagas, localizado no bairro da Ilhinha, em São Luís, a maioria deles serão ocupados por mulheres chefes de família. Por meio do projeto PAC Ponta do São Francisco, a realidade daquela região será diferente. Onde era palafita e amontoados de lixo, com sinais de completo abandono, se transformará em um lugar revitalizado, propício para viver e morar.

Pensado nisto, e a cada dia vendo seu sonho se transformar em realidade, é que Conceição de Maria, uma das mães de família da localidade contempladas pelo projeto, conta ansiosamente os dias para receber sua casa própria. Ela relatou que construiu uma palafita de dois cômodos no fundo da casa da sua mãe.

“Nos dias de maré cheia era um sofrimento, a água inundava nossa casa, molhava e estragava os poucos móveis e utensílios que tínhamos. O local era insalubre, sem banheiro, minha filha não tinha onde brincar e só vivia doente. Com esse projeto nossa vida vai mudar, graças ao nosso governador Flávio Dino que deu uma oportunidade para realizarmos um sonho quase impossível, o da casa própria!”, exclamou.

“Quero dar um futuro melhor para minha filha: Naquele local nós sobrevivemos e hoje, já no aluguel social, estamos vivendo melhor. Sonho todos os dias com minha casa e com o novo espaço que está sendo construído, composto da praça, quadra e área de lazer, tudo isso é gratificante e maravilhoso”, enfatizou.

De acordo com o secretário da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior, esta iniciativa faz parte da implementação de uma política de desenvolvimento local para promover melhores condições de vida dessa população que há tanto tempo foi esquecida e erradicar as desigualdades.

“É uma obra ampla de infraestrutura dessa região, teremos requalificação da área, além de equipamentos de esporte e lazer e geração de renda. Será construída também uma avenida sobre um aterro, que vai cercar toda essa área conhecida como Ponta de São Francisco”, disse o gestor.

“Em um cenário de crise o governo inova e desponta com resultados positivos e transformadores. Até o final do ano vamos entregar mais de 1.700 unidades habitacionais só na capital. Isto consolida o compromisso do governador Flávio Dino com os maranhenses. É dando direito a quem tem direito e assim garantir cidadania e inclusão social à população mais carente do nosso”, ressaltou o secretário.

Para a assistente social Daniele Ferreira que acompanha as famílias que integram o projeto relata que: “É uma ação transformadora do governo, de equidade social e de resgate de dignidade das pessoas que viviam em situação de vulnerabilidade social na comunidade da Ilhinha”, frisou.

A beneficiária do projeto

Conceição de Maria contempla

a obra que vai mudar sua vida

(Foto: Jasf Andrade)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os antigos moradores das palafitas estão sendo beneficiados com as melhorias do bairro. Atualmente, eles recebem o aluguel social no valor de R$ 500 para pagar a estadia provisória. E em breve serão contemplados com parte das 256 unidades do Residencial José Chagas, unidades do Minha Casa Minha Vida construídas pelo Governo do Estado na Avenida Ferreira Gullar.

Projeto PAC Ponta do São Francisco

A intervenção engloba um conjunto de obras de urbanização com infraestruturas básicas de rede de esgoto, drenagem pluvial, rede de abastecimento de água, rede de iluminação, aterro de áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer. São investimentos na ordem de R$ 7,6 milhões.

O aterro será construído nas áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e haverá ainda coreto, playground, academia ao ar livre, praça, duas quadras, entre outros.

Para apoio à atividade pesqueira, está prevista ainda a construção de estacionamentos, rampas de acesso pesqueiro ao Rio Anil e Bacia de São Marcos, além de galpão de apoio a comunidade pesqueira. O local será um novo atrativo turístico de São Luís, pois a área poderá ser utilizada para promoção de passeios de barcos, de catamarã, jet ski, outros esportes e atividades, bem como geração de negócios dos bairros da Ilhinha.

Contato

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 1908
Monte Castelo,São Luís - MA, CEP: 65030-005
Fone:(98) 3133-1400