14/03/2018 9:22 pm

Raposa discute melhorias em Oficina de Leitura Comunitária

IMG_20180314_092215098_LLCom a participação de gestores do poder executivo e legislativo e da sociedade civil  foi realizada nesta quarta,14, a oficina de Leitura Comunitária no município de Raposa. Coordenadas pela Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) e em parceria com o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) e a Agência Estadual Metropolitana (AGEM), as Oficinas de Leitura Comunitária do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI)  já foram realizadas nos municípios de Morros, Axixá, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Icatu, Alcantara, Santa Rita, Bacabeira, Rosário, Raposa e Paço do Lumiar.

Distante 30 km de São Luís, a cidade é cercada de praias, dunas e manguezais. O município ficou conhecido pelo seu artesanato e pelo sabor de seus peixes frescos comercializados nos bares e restaurantes da cidade e, pela beleza suas praias desertas. No turismo, atualmente, Raposa é destino alternativo à visitação da capital São Luís, tendo como principais atrativos os passeios nas praias e dunas da região.IMG_20180314_123113952_LL

Raposa é uma das 13(treze) cidades que compoe a Região Metropolitana e como as outras cidades, apresenta inúmeros problemas, relatados pelos participantes que vão desde infraestrutura  a educação. As apresentação dos dados coletados pelos pesquisadores  e a forma que está sendo elaborado o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado PDDI chamou a atenção dos  participantes para o debate e para o entendimento da relação que o município tem com as outras cidades que compõe a Região.

Para o vereador Laurivan Uchoa, o Governo do estado está pondo em prática uma demanda antiga que integrará a região com projetos estruturantes que valorizem a economia, a cultura e a população.

“ É fundamental trabalhar neste processo, temas importante e dados estatísticos que visam traçar um diagnóstico do município, e a participação da comunidade e do poder público é essencial para consolidar esse trabalho”, relata o superintendente Estadual do IBGE.

”O município tem um grande potencial pesqueiro, porém as fábricas de gelo estão sem funcionamento; os barcos sem manutenção, os pescadores não conseguem crédito e a relação com outros municípios  é de dependência”, desabafa o presidente da Ong Pirarte Cultural e Sustentabilidade, Marcos Garcia.

O vereador Enoc Lisboa relata que várias praias estão desaparecendo pela ação do mar e as enchentes está causando inundações em vários povoados;  a cidade não possui cemitério; e os pescadores não respeitam  período de defeso, afirmou ainda que a cidade necessita de projetos que impulsione a economia, gere emprego e renda e promova o desenvolvimento da nossa cidade.

O secretário adjunto de Assuntos Metropolitanos, Jose Antonio Viana conduziu os trabalhos e falou sobre a importância da elaboração do PPDI e os avanços que será para o Estado. Falou ainda que a comunidade precisa participar para entender e se sentir como agente de construção desse processo.

Dia 15,quinta feira, a oficina está acontecendo em São José de Ribamar e amanhã, 16/03 em São luis, na Associação Comercial.

 PDDI da Região Metropolitana

O Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana da Grande São Luís (PDDI- RMGSL), foi instituído pelo governador Flávio Dino por meio da Lei Complementar 174, de maio de 2015. A lei prevê que a execução das funções públicas de interesse comum aos municípios integrantes da Região ocorrerá a partir do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado. A Lei assegura aos representantes dos poderes públicos e da sociedade civil direito de participar da elaboração do PDDI

 

Contatos

contatos

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 1908
Monte Castelo,São Luís - MA, CEP: 65030-005
Fone:(98) 3133-1400

Links Úteis
Localização

localização

Click to open larger map

Av. Getúlio Vargas, 1908 - Monte Castelo
São Luís - MA
CEP: 65030-005